Outras formas de visualizar o blog:

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Cenas da vida de todos os dias numa cidade medieval

Ambiente de conforto e largueza na casa burguesa


A cena acontece num lar da burguesia.

Por certo, o homem não está sofrendo fome.

Olhem com que apetite ele olha para o prato dele! A mulher esta trazendo para ele uma comida.

Eles estão bem agasalhados, o ambiente de conforto que há na casa!

Um burguês ‒ literalmente: habitante do burgo, quer dizer, da cidade, de classe média ‒ está discutindo com criadores camponeses o preço do animal que ele está comprando.

Compra e venda numa rua medieval
Vê-se a diferença de categoria: ele está mais bem vestido, tem a sua bolsinha cheia de dinheiro, e é muito mais seguro de si.

Fome nenhum deles está passando, todos eles estão bem. A vida melhor é certamente a do burguês.

O trabalho é sempre tranqüilo, sempre distendido e dir-se-ia que era especialmente um mundo de obesos.

Numa pequena rua de comércio há lojinhas. Os fregueses estão conversando; os artigos estão expostos à venda e vê-se trabalhadores manuais.

São artesões e alguns produzem a coisa in loco.

Mais uma vez trabalho ao ar livre, trabalho em condições higiênicas, trabalho cômodo.

Nenhum deles está na correria louca de uma pessoa que anda por São Paulo na Avenida Paulista, ou no Rio de Janeiro na Avenida Central.

Todos estão numa vida normal, numa vida calma, só falta sorrir.

Desejaria receber atualizações instantâneas e gratuitas de 'A cidade medieval' em meu email

terça-feira, 12 de outubro de 2010

A revolução industrial medieval: os começos da engenharia moderna

Uma certa “lenda negra” visceralmente anti-medieval acostumava apresentar a Idade Média como uma era de retrocesso técnico.

Essa visualização anti-histórica movida por um fundo anti-cristão não resiste mais à crítica científica.

O Professor Raul Bernardo Vidal Pessolani, do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal Fluminens ‒ UFF, vem de publicar a respeito esclarecedora apresentação de Power Point.

A apresentação dispensa comentários e a reproduzimos a continuação:


PowerPoint: A Revolução Industrial Medieval e os começos da Engenharia
Se seu email não visualiza corretamente o PowerPoint embaixo CLIQUE AQUI


Clique nas setas para passar o slide.
Veja em FULLSCREEN clicando no MENU no canto inferior esquerdo.

Desejaria receber atualizações instantâneas e gratuitas de 'A cidade medieval' em meu email