Outras formas de visualizar o blog:

terça-feira, 26 de abril de 2011

O Pálio de Siena, relíquia palpitante de vida da Civilização Cristã (5)

Palio de Siena, corrida, a cidad medieval.Continuação do post  anterior

 O prêmio pertence ao santo patrono

No pátio do Palácio Público surgem os dez cavalos com os seus jóqueis, e são vagarosamente conduzidos ao ponto de partida, onde se colocam em ordem pré-estabelecida por sorteio, e esperam. O juiz dá um sinal, cai a corda que os retém, da multidão irrompe um clamor imenso, os cavalos disparam.

domingo, 17 de abril de 2011

Cortejo do Prefeito de Londres: resto da ordem municipal medieval

A dignidade da vida municipal numa ordem cristã se apalpa nesta cerimônia anual (aqui em 2009) em que o prefeito de Londres visita a Corte real.

O cortejo parece de um rei, mas não o é.

É bem o prefeito da cidade, com guardas municipais de honra em trajes históricos, herança da Civilização Cristã.

Veja vídeo

terça-feira, 12 de abril de 2011

O Pálio de Siena, relíquia palpitante de vida da Civilização Cristã (4)

Palio di Siena, a cidade medievalContinuação do post  anterior

 Uma cidade revive seu passado

O cortejo histórico do Pálio de Siena é mais do que uma simples reconstituição arqueológica: é a revivescência da tradição de uma cidade, pela qual um povo toma consciência de si mesmo, de seu passado, de seus valores, de sua personalidade e de seus traços característicos.

No brilho e no pitoresco dos trajes medievais, com seu talhe esbelto, com a variedade de seus adornos, capacetes, couraças, plumas, emblemas, se refletem as glórias antigas da cidade.

Mas se espelha sobretudo a alma de um povo, com seu talento artístico, sua vivacidade, sua riqueza de expressão, suas virtudes.

Nada a ver com os espetáculos de massa das cidades hodiernas. É isto, mais que tudo, que explica o entusiasmo em meio do qual o desfile decorre.